Publicado em 10.06.2019 - Parceria Escola-Família - Sem comentários

Ser tolerante é o mesmo que ser respeitoso, bondoso e atencioso com os demais. É uma qualidade pessoal que se define como respeito às ideias, crenças ou práticas dos outros, ainda que diferentes e contrárias às nossas. Ser tolerante é ser condescendente com alguém. É aceitar e admitir a diferença ou a diversidade. É respeitar a opinião dos outros.

Para que as crianças estabeleçam boas relações com seus semelhantes é preciso que aprendam a ser tolerantes desde muito pequenas, pois a tolerância tem um papel muito importante nas suas relações com seus amigos e familiares. A criança não nasce tolerante. Sua conduta natural é que tudo seja para si, e que todos estejam de acordo com ela, por isso, o papel do aprendizado sobre a tolerância deve começar o quanto antes. É importante que elas escutem as ideias e as opiniões dos seus amigos, que aceitem seus pontos de vista, ainda que sejam muito diferentes dos seus, e que consigam conviver bem durante um jogo, alguma atividade ou em sala de aula. A tolerância lhes ajuda a ter uma boa integração em grupo ou equipe.

Como seres humanos, todos somos iguais, ainda que alguns valores se diferenciem, dependendo da família que fazemos parte e da sociedade em que vivemos. Por essa razão, o respeito às diferenças, ao diverso, às distintas culturas e etnias, também deve fazer parte da educação que damos aos nossos filhos, algo que devemos ensinar às crianças desde cedo.

As crianças devem saber que a diversidade nos traz riquezas de informações, de experiências e que podemos aprender muito com as diferenças. Em vez de criticá-las, devemos dar-lhes o devido valor e aprender com elas. Essa é uma tarefa importante, principalmente nos dias de hoje, em que as famílias mudam de um lugar para o outro com muita frequência.

A criança deve receber uma educação que favoreça sua cultura geral e lhe permita, em condições de igualdade, a oportunidade de desenvolver suas atitudes, seu juízo individual e seu sentido de responsabilidade moral e social para, assim, chegar a ser um membro útil e participativo da sociedade. Deve ser protegida contra todas as práticas que possam incentivar a discriminação. Deve ser educada num espírito de compreensão, solidariedade, tolerância, amizade, paz e fraternidade, uma vez que são direitos fundamentais para a vida de todas as crianças.

 

Serviço de Orientação Psicopedagógica – SOP

http://br.guiainfantil.com/materias/educacao/valoreseducar-a-crianca-com-valores-o-respeito-a-diversidade/

 

Contem com a nossa equipe para qualquer esclarecimento ou apoio.

Acreditamos que juntos fazemos melhor, por uma

educação de excelência.